28 mar

Dia Mundial da Água

Dia Mundial da Água

O que podemos fazer para que as necessidades do clima, das pessoas e do meio que vivemos sejam atendidas até 2030?

Comemorado no dia 22 de março , o Dia Mundial da Água tem como tema em 2018, o uso de soluções baseadas no meio ambiente para resolver problemas de gestão dos recursos hídricos. Com a campanha “A resposta está na natureza”, as Nações Unidas abordarão como estratégias de preservação e restauração ambiental podem proteger o ciclo da água e melhorar a qualidade de vida da população. 

O que podemos fazer para que as necessidades do clima, das pessoas e do meio que vivemos sejam atendidas até 2030?

O risco de escassez de água vem sendo uma preocupação atual e assolando a população mundial. Atualmente, mais de um bilhão de pessoas sofre com a falta de acesso à água limpa suficiente para suprir suas necessidades básicas diárias, como beber, cozinhar, tomar banho, entre tantas outras utilidades que esse bem tão precioso tem. Devemos atentar não só para o consumo excessivo, mas também ao desperdício e às práticas utilizadas em casa e no trabalho. Ainda não houve uma mudança de hábito preponderante e que pudesse resultar numa expressiva redução de consumo de água, capaz de diminuir o problema de escassez. A maior parte da população ainda não percebeu o tamanho do problema e não atentou-se às estatísticas. A questão é que, mantidos os atuais padrões de consumo e de danos ao meio ambiente, o quadro pode piorar muito e rapidamente: calcula-se que, em 2025, dois terços da população global – 5,5 bilhões de pessoas – poderão ter dificuldade de acesso à água potável; em 2050, já seria cerca de 75% da humanidade.

A maior preocupação hoje é ter de conscientizar a população em um curto espaço de tempo, pois o problema chegou. O cuidado com o desperdício da água não deve ser somente de nossos filhos e netos, mas sim de nós mesmos. As ações precisam ser pensadas e as atitudes tomadas agora para que consigamos prevenir um sofrimento futuro muito maior. Não adianta ter medo e não ter consciência e atitude.

img-agua

Se você se conscientiza, e faz a sua parte para minimizar seu impacto no planeta, esta atitude motiva outros a fazerem o mesmo.

As pequenas atitudes, quando repetidas constantemente, fazem toda a diferença e garantem a qualidade de vida em nosso planeta.
O mais importante é dar o exemplo e passar adiante o que aprendemos.

Quais dicas vocês já seguem? Se tiverem outras, me contem aqui nos comentários!